quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Pizza. A receita mais simples e mais gulosa.

















Adoro comer pizza, e naqueles dias em que não apetece cozinhar, ou não apetece comer algo demasiado elaborado, é o prato de eleição.

Já li diferentes receitas para a preparação da massa, mas todas eram demasiado complexas, até ao dia em que li algures que podia usar a massa dos scones...

Ingredientes para a base:
250 gr. de farinha
3 colheres de chá rasas de fermento em pó
Sal
50 gr. de manteiga
1,5 dl de leite

Modo de preparação:
Peneiramos a farinha com o fermento e um pouco de sal para uma tigela. Juntamos a manteiga que incorporamos na farinha.

Fazemos uma cova no centro da farinha, juntamos o leite e misturamos até obter uma massa ligeiramente branda e pegajosa.

Confesso que não peneiro a farinha, limitando-me a colocar todos os ingredientes e amassando depois até conseguir que a manteiga se incorpore totalmente. Antes de trabalhar a massa, deixo-a descansar, e aproveito para preparar o molho de tomate.

Ingredientes para o molho de tomate:
Azeite
Cebola
1/2 colher de café de ervas de provence (Margão)
Açúcar
Polpa de tomate
Água

Não referencio medidas, com excessão das ervas para evitar que fique com um sabor muito intenso, mas considerem o habitual q.b.

Modo de preparação:
Começamos por fazer o refogado, acrescentando o tomate e as ervas e o açúcar, que ajuda a cortar a acidez do tomate. Deixamos apurar um pouco e acrescentamos água para evitar que o molho fique muito grosso o que acaba por suavizar o sabor a tomate.

Agora que a massa descansou o suficiente, estendemo-la. Quanto à espessura, fica ao vosso critério, mas eu prefiro bem esticadinha. Em toda a volta faço um montinho de massa para prevenir que os ingredientes escapem. Podem dar o formato que quiserem.

Disponho o molho de tomate.

Agora a melhor parte... os ingredientes.

Claro que o queijo não falta, sendo que sugiro o pacote 3 queijos da marca Continente. Normalmente, coloco de imediato por cima do molho do tomate, depois, disponho os restantes ingredientes.

A quantidade da massa permite duas pizzas de tamanho quase médio. Por isso, aproveitamos para fazer uma de peixe e outra de carne.

Para a de peixe:
1 lata de atum
Cogumelos
Pimentos
cebola

Ou seja, depois do queijo, dispomos o atum, os cogumelos finamente cortados, os pimentos cortados aos cubinhos e a cebola às rodelas.

Para a de carne:
Bacon fumado
Paio
Chouriço
Pimento
Cebola

Recomendo o bacon em fatias, que cortamos finamente, o objectivo é evitar o excesso de gordura. Também o paio e o chouriço são cortados da mesma maneira. Normalmente uso três fatias de bacon e outras três de paio. Quanto ao chouriço vou cortando e enfeitando a pizza. Para cortar em tanta gordura, conto com os pimentos e a cebola.

Pulvilhem os tabuleiros com farinha e coloquem a pizza que vai ao forno, que já está pré-aquecido a 200º, durante mais ou menos 30 min.

Sugestão, logo que terminem uma das pizzas, coloquem-na no forno e dediquem-se à outra pizza.


Claro que cortar os ingredientes dá trabalho! Costumo demorar 20 min. a preparar. Para quem seja mais prático que eu na cozinha, sugiro que dupliquem a quantidade da massa e aproveitem para congelar pizzas para a próxima fornada...

Quanto às ervas de providence para o molho do tomate, podem optar por uma mistura de ervas, de preferência legais, tais como salsa, tomilho e coentros.


Espero que aproveitem a sugestão e comentem a vossa experiência!

Bon appetit!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela tua participação!