quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Croquetes de peixe



4
Antes do prometido frango com mel assado no forno, teve o meu querido maridinho de comer uns croquetes de peixe!

Ingredientes:
2 colheres de sopa de manteiga
2 1/2 colheres de sopa de maizena
300 gr de peixe cozido
3 dl de leite
salsa picada
sal q.b.
mostarda q.b.
farinha q.b.
2 ovos
pão ralado q.b.

A massa dos croquetes deve ser preparada no dia anterior, para que enrijeça no frigorífico e seja mais fácil de trabalhar.

A manteiga derreteu, e adicionei a maizena, que misturei até se obter uma mistura cremosa e com um tom amarelo maravilhoso. Depois juntei o peixe já desfiado e adicionei o leite.

Ao adicionar o leite a preparados que impliquem a utilização de farinha, é normal que se formem pequenos granulos (palavra tão chique), que podem ser eliminados com uma pequena varinha manual.

Continuando, temperamos o nosso creme com sal, um pouco de mostarda e salsa picada, mexemos até ficar espessa.

O meu maridinho disse que a massa parecia "massa de enchimento"! Parecer, parecia, mas mesmo depois de dois dias esquecida no frigorífico, não foi tarefa fácil...



Tirei uma colher de sopa de massa, que coloquei num prato com farinha, para que absorvesse facilmente o ovo batido. Agora, um truque demasiado importante, que eu desconhecia, que simplifica a vida, e que agradeço a quem o inventou: quando vamos passar a massa do prato da farinha para passar por ovo, usamos dois garfos, e quando a passamos do ovo para o pão ralado, voltamos a usá-los. Só depois de estar bem envolto no pão, é que peguei na massa para a moldar!

Escusado será dizer que do pão ralado passaram para a frigideira com óleo bem quente.

Fritei 3 de cada vez, para evitar que queimassem.

Lembro as dicas que deixei na receita dos rissóis: para nos certificarmos de que o óleo está quente, burrifamos um pouco de pão ralado sobre o óleo, se fritar, está pronto; para evitar que faça espuma, colocamos um pouco de pão, ou uma rolha.

Volto a sugerir que não coloquem muitos a fritar ao mesmo tempo, porque o óleo arrefece. (Ainda ninguém me explicou em terminologia cientifica o motivo!)

Parece que a receita do frango fica para depois, porque tenho duas postas de salmão para grelhar e uma salada de espinafres com tomate para fazer para o jantar!

Até lá...

Bon appétit!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela tua participação!