terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Massa com molho picante de carne


3



Esta receita apresenta-nos um ingrediente: o cominho. Com a ideia do blog, estou mais interessada em conhecer diferentes aromas, mas advirto que o cominho é poderoso!

Ingredientes:
500 gr de carne picada
3 colheres de sopa de azeite
2 colheres de sopa de calda de tomate
1 colher de café de cominhos
sal
4 tomates
pitada de piripiri
salsa q.b.
1 cebola pequena



Antes de cozinhar a carne, fervi a água e dei início à cozedura da massa que acompanharia a carne.


Entretanto, tinha 2 tomates em água fervida para os pelar e acrescentar à cozedura da carne.

Avançando com a receita, coloquei um bom fio de azeite na frigideira, que deixei aquecer, fritando a carne e conferindo-lhe um tom dourado. Adicionei calda de tomate e os tomates pelados e cortados em pedacinhos. Deixei apurar e temperei com uma pitada de açúcar para anular um pouco a acidez do tomate e uma pitada de piripiri, adicionando os cominhos e deixando ferver por 10 a 15 minutos.

A receita original sugere 1 colher de chá de cominhos, o que considero um abuso, porque a carne fica com um sabor intenso a morcela. Como disse o meu querido, e que pude confirmar depois de ler o verso do pacote dos cominhos, que é uma especiaria usada na preparação das morcelas!

A carne está a cozinhar, bem como a massa. Preparei uma salada, aproveitando para cortar os outros 2 tomates em pedaços e a salsa picada que compôs o prato como podem ver na foto. Ou seja, a carne é servida por cima do esparguete, e o tomate com a salsa e cebola é disposto sobre a carne.



Acredito que reduzindo a quantidade de cominhos teremos uma combinação de sabores intenso e picante, muito mais interessante...




Bon appétit!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela tua participação!