quarta-feira, 2 de março de 2011

Empadão à pastor


(In Comer bem, viver bem)


2



Com a minha dedicação na cozinha, e interesse em experimentar novas técnicas e sabores, passo algum tempo a ler os livros de culinária que habitam em todos os cantos da casa. Pareço uma criança que sente a necessidade de espalhar os brinquedos. Comportamento que percebo, pois nunca sabemos se, de repente, o livro ou brinquedo ao lado do sofá, ou aquele(s) na secretária, ou o outro no cesto da roupa, serão de utilidade.

Distraidamente peguei no livro que folheei até à página da receita de Empadão à pastor. E eu que adoro puré! Pronto, estava decidido o jantar de domingo.

Ingredientes para o puré:
4 batatas gigantes
1 dente de alho
1 folha de louro
sal q.b.
água q.b.
leite q.b.
noz-moscada q.b.
pimenta q.b.

Preparação do puré:
A cozedura das batatas não implica uma grande ciência, foram cortadas aos cubos e colocadas na água fervida com o alho e uma folha de louro muito pequenina. Passados 10-15 min, escorri a água e deixei arrefecer, acrescentado o leite, um pouco de pimenta e noz-moscada e retificando de sal. Reduzi com a varinha mágica. Sugiro que o leite seja adicionado a olho e a pouco e pouco, até conseguirmos a consistência desejada.

Ingredientes para a carne:
2 colheres de chá de óleo vegetal
1 cebola finamente picada
1 colher de chá de pimentão doce
1 pitada de cominhos
1 colher de café de pimenta
300 gr de carne picada
3 colheres de sopa de polpa tomate

Preparação:
Comecei por aquecer o óleo, onde refoguei a cebola. Devia juntar 2 cenouras em rodelas finas, que não figuraram porque esqueci-me de comprar. Santando essa parte, adicionei o pimentão, a pitada de cominhos e a pimenta que deixei saltear por aproximadamente 1 min. Acrescentei a carne e depois o concentrado de tomate, rectificando de sal. Utilizei uma pitada de açúcar para quebrar um pouco a acidez do tomate. Deixei cozinhar até a carne ganhar um pouco de cor. Acrescentei orgãos picados.


Composição final do Empadão à pastor:
Num pirex de ir ao forno deitei o preparado da carne que cobri com o empadão. Polvilhei com pão ralado. Ficou no forno por 30 min.




Bon appétit!

2 comentários:

  1. Cozinhar, para mim, é, também, mais que uma necessidade , um prazer.
    Cá em casa, todos gostamos de empadão e, genericamente, preparo-o de acordo com a sua receita. Faço, apenas, um up-grade no puré: junto uma gema de ovo às batatas durante os momentos em que são esmagadas e, no final, acrescento ao preparado a clara batida em castelo. Fica a muito mais fofo. Experimente.
    Bjs, Nina

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Nina,
    Obrigada por passar no meu cantinho!
    Adorei a sugestão, que vou experimentar da próxima vez que preparar o puré.
    Beijinho

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua participação!