quinta-feira, 21 de julho de 2011

Rolo de carne recheado e molotof

Ontem ao ouvir alguns fados da Amália na versão original e na versão do projeto Amália Hoje, pensei em como é impossível não gostar de a ouvir no esplendor da grandiosidade da sua voz. Um dos fados que gosto é o Foi Deus, que canta assim:



"Foi deus que deu voz ao vento

luz ao firmamento

e deu o azul às ondas do mar

Foi deus que me pôs no peito

um rosário de penas

que vou desfiando e choro a cantar

e pôs as estrelas no céu

e fez os passos sem fim

deu uso às andorinhas

ai, e deu-me esta voz a mim

fez poeta o rouxinol

pôs no campo o alecrim

deu flores à primavera

ai, e deu-me esta voz a mim"


Gosto da parte do rouxinol, do alecrim e da primavera!


Ontem jantámos com os pais do S. e a ementa foi simples. As entradas foram o maravilhoso paté e queijo da ilha. O prato principal foi o rolo de carne de porco recheado com paio, fiambre e queijo, polvilhado com pão ralado e ervas de provence. As sobremesas foram zabaglione e molotof (aqui). Assim, foi possível aproveitar de imediato as 6 claras que sobraram do zabaglione que desta vez reduzi a quantidade de vinho da madeira, resultando num creme muito saboroso e delicioso.


Ainda não foi desta que o rolo de carne cozinhado posou para a máquina, mas deixo os ingredientes e o modo de preparação.


Ingredientes: - 250 gr de carne de porco; - 1/2 cebola; - sumo de limão; - sal; - pimentão doce; - 4 fatias de paio (ou bacon); - 4 fatias de fiambre; - 4 fatias de queijo; - pão ralado e ervas de provence.


Modo de preparação: Comece por juntar a cebola picada, o sumo de limão, o sal e o pimentão à carne picada e misture bem. Depois sobre a película aderente, polvilhada com pão ralado, espalme a carne com aproximadamente 1 cm de altura. Disponha em camadas o paio, o fiambre e o bacon. Com o apoio da película, enrole o rolo. Este foi preparado no domingo e ficou no congelador até quarta. Retirei do congelador de manhã e deixei descongelar totalmente. Antes de ir ao forno, voltei a polvilhar com o pão ralado e lembrei-me de polvilhar com ervas de provence. Foi ao forno por 45 min a 175ºC. Acompanhámos com salada e com arroz branco.







Espero que gostem!

9 comentários:

  1. Olá!

    O molotof tem um aspecto óptimo! Vou experimentar, porque tenho claras para gastar!

    E o zabaglione, também tens s receita. Nunca fiz e estou ansiosa por experimentar.

    Gosto muito do teu blogue!

    Acho que a amizade cresce de dia para dia, com a partilha das nossas coisas. Acho isso para a amizade ao vivo, mas também o acho para a amizade virtual!

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Tenho sempre um pouco de medo de fazer molotof, se calhar por a minha madrinha ser a rainha dos mesmos. Um dia tenho de experimentar! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Olá Viciante e Picarota! Obrigada pelos comentários! O molotof é das minhas receitas preferidas, e sigo as instruções da mãezinha à risca. Assim, posso encher a barriguinha sempre que me apetecer! ;)
    Quanto ao zabaglione, fiz 6 gemas tamanho M, 4 colheres de sopa rasas de açúcar e limitei o alcóol a 1 dl de vinho da madeira. Ficou com um travo a bebida muito ligeiro e, não sobrou nada!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Viciante, concordo que as amizades ao vivo e também as virtuais, são importantes e devem ser preservadas. Pena que as virtuais não ajudem a combater a solidão na sua totalidade, diz um estudo recente comentado nas notícias à poucas semanas. :)

    ResponderEliminar
  5. O molotof ficou com optimo aspecto :)
    Beijo'

    ResponderEliminar
  6. Sarinha e Juliana,
    Obrigada pelo comentário. Organizar um jantar a um dia de semana em que a rotina obriga a cumprir as horas de trabalho, até me safei bem! ;)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito. Parabéns!
    bjs
    www.viviass.blogspot.com
    www.meublogdereceitasfavoritas.blogspot.com

    ResponderEliminar
  8. Tienes una cosita en mi blog pásate a por ella si quieres. Besotesss

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua participação!