sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Finalmente, o pipanário!

Prometi aos amigos que publicaria fotos do nosso pipanário! Daqui, tivemos 3 semanas de alfaces viçosas, e já saiu um caldo verde e uma sopa de couve. Isto sem contar com as ervas aromáticas. Estou ansiosa por provar o alho francês e por ver crescer as beringelas.

M. passou o feriado com os tios e, quando lhe mostrei a nossa horta, ele perguntou: "Como é que o tio S. entra na horta?", ao que lhe respondi que não é preciso entrar na horta, já que o tio trata dela apartir de fora. Não satisfeito com o argumento, ele disse: "O avó tem uma horta grande e vai lá para dentro!". Ai, as crianças!

A construção da horta demorou cerca de 10 horas. (Nesta foto podem ver a minha silhueta! Aqui estou eu, com os meus caracóis ao vento!)




Aqui, vivem os alhos franceses, abandonados pelas alfaces que já foram devoradas!



Neste piso, resistem as couves, que partilham o espaço com os novos residentes, as beringelas!




As ervas aromáticas passaram para vasos individuais. No post anterior, um dos seguidores comentou que a hortelã não devia ficar junto das restantes ervas, o que é bem verdade. A hortelã parece uma erva daninha, expande-se muito facilmente. Da que havíamos plantado, o S. ofereceu um vaso à minha mãe, preparou um que ficou na nossa cozinha, e mesmo assim, ainda sobraram umas quantas raízes.




Espero que tenham gostado!

1 comentário:

Obrigada pela tua participação!