sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Aproveitamento de frango assado com lentilhas

Entusiasmada com o programa "Em 30 minutos com Jamie", colo-me à televisão como se fosse uma criancinha a ver os seus desenhos animados preferidos. E, ai de quem se atrever a mudar de canal!


Num dos programas, ensinou a preparar feijão com salsichas frescas, que maravilha de receita. Claro que serviu de inspiração para aproveitar restos! Restos de frango assado no forno.



Ingredientes para preparar as lentilhas, que serviram de acompanhamento, substituindo o feijão: - 1 chávena de chá de lentilhas; - 1 colher de sopa de azeite: - 1 cebola; - 1 dente de alho; - 1 colher de sopa de polpa de tomate; - pitada de sal; - 3 chávenas de água fervida; - ervas aromáticas a gosto.



Modo de preparação: Comece por fazer o refogado com 1/2 cebola e o alho. Acrescente as lentilhas e deixe suar um pouco. Adicione a água fervida e tempere com o sal. Acrescente a polpa de tomate e deixe cozer, com o lume no mínimo, por 30 min. Depois de cozidas, faça um refogado com o resto da cebola, acrescente ervas aromáticas a gosto, trituradas (eu escolhi: hortelã, salsa e tomilho), e depois as lentilhas. Reserve.



Ingredientes para preparar o frango: - 1 peito de frango (ou que tiver sobrado); - 1 colher de sopa de azeite; -1/2 cebola; - 1/2 embalagem de cogumelos frescos.



Modo de preparação: Prepare o refogado, e logo que a cebola fique branda acrescente os cogumelos laminados. Quando os cogumelos começarem a adquirir um tom castanho, acrescente o frango desfiado. Reserve.



Ingredientes para preparar o pão ralado: - 3 fatias de pão (eu usei o pão ralado caseiro que já tinha); - azeite q.b.; - ervas aromáticas a gosto.



Pré aqueça o forno a 200ºC. Num tabuleiro de ir ao forno coloque as lentilhas e polvilhe com parte do pão ralado aromatizado, faça outra camada com o preparado do frango, e por último polvilhe com o resto do pão ralado. Pode decorar com folhas das ervas usadas, que deve molhar em azeite para secarem sem queimar (usei hortelã, mas o Jamie usou salva, que nunca provei).



Leve ao forno por 15 min.



Ficou uma delícia!





Espero que gostem!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Salmão em papelote

(Coimbra)


Dos acontecimentos que me impressionaram quando comecei a estudar história na primária, foi pelas rosas no regaço da Rainha Santa Isabel que me apaixonei! Ainda hoje, duvido da sua veracidade. Não consigo acreditar que o pão que sua majestade levava, se transformou nesta belíssima flor...





Engraçado! Tirei esta foto no Castelo da Sertã! Será que as rosas sempre estiveram ligadas à realeza? Eu tenho rosas na minha cozinha!





Amigas e amigos do blog, voltaram as terças feiras negras! Estas, mais negras, uma vez que o local do encontro para o futebol ser bem mais distante de casa... Assim, às terças, o jantar passa das habituais 21h para quase ceia por volta da 01h. Claro que a esta hora estava esgotadíssima e a arrumação da cozinha ficou para o dia seguinte. Pura e simplesmente, não tinha forças para mexer as pestanas, quanto mais para lavar pratos!


Esta receita, segue sem fotografia, no entanto, sugiro que deixem a vossa imaginação voar!


Ingredientes: - 2 postas de salmão fresco; - sal; - sumo de limão; - tomilho seco; -salsa picada; - alecrim; - papel de alumínio.


Modo de preparação: Comece por pré aquecer o forno a 250ºC. Tempere o salmão com algumas gotinhas de sumo de limão e sal. Acrescente o tomilho e a salsa picada. Já no papelote individual, adicione 1 raminho de alecrim e feche o papelote. Leve ao forno por 10 min. Depois, abra o papelote e deixe alourar durante 5-10 min.


O peixe fica maravilhoso! Com a superfície alourada, de textura suave, e sabor esplêndido, é impossível não amar!


Acompanhámos com arroz de tomate.



Como muitas outras, esta receita não é da minha autoria, foi preparada pela minha amiga V., num dos jantares preparados ao pormenor! Provei, gostei e copiei!




Espero que gostem!

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Biscoitinhos de gngibre e mel/cacau e cardamomo



A semana passada não estava inspirada para escrever, além do mais, nem tinha máquina para fotografar as obras-primas que vão saindo da nossa cozinha! Há-de chegar a hora de confeccionar verdadeiras maravilhas.


Hoje, vou falar de uns biscoitos preparados à algum tempo, aproveitando para fazer algumas observações.


Decidi preparar diferentes biscoitinhos, uns inspirados nas sugestões da Luísa Alexandra (aqui) e outros que encontrei na net, lamento, mas não recordo onde, o que me impossibilita de citar a fonte. Adiante.


Ingredientes: - 80 gr de açúcar; - 1 ovo; - 160 gr de manteiga; - 300 gr de farinha; - pitada de sal.


Modo de preparação: Comece por bater o açúcar com o ovo, até obter um creme esbranquiçado. Adicione a manteiga, e depois a farinha peneirada e a pitada de sal.


Divida a massa em duas partes iguais. Numa delas adicione 1 colher de café de gengibre e 1 colher de chá de mel. Na outra porção de massa, adicione 1 colher de chá de cardamomo e 20 gr de cacau em pó.


As minhas sugestões: Usei farinha sem fermento, mas se tivesse usado com fermento teriam ficado mais saborosos. Adicionei 50 gr de cacau em pó para a proporção de 150 gr de farinha, mas se reduzir a quantidade de cacau fica muito melhor (mais melhor bom, para quem preferir!!!)


Só para terminar, já ouviram falar da nova proposta da Ordem dos Médicos para a aplicação de um imposto saudável, a ser aplicado ao fast food? Maravilhoso o nosso Portugal! Quem é que ainda tem dúvidas acerca da classe que está a pagar a dívida?

Ai, ai... Afonso! Quem te mandou bater na mãe! Se estivesses no nosso meio, enviava uns biscoitinhos como forma de agradecimento!






Espero que gostem!