quinta-feira, 15 de março de 2012

Cancro na tiróide

É frequente ver o programa do Dr. Oz, que ensina e sensibiliza as pessoas para determinados aspetos, não só relacionados diretamente com a medicina, mas também com o quotidiano.

Se, num dos programas abordou o assunto das limpezas domésticas e do perigo na utilização e combinação de detergentes, o programa a que assisti hoje, deixou-me um bocadinho preocupada.

Já fiz mamografias. Aliás, a primeira que fiz foi aos 16 anos. O médico recusou-se a fazer, e tive de ir a outro hospital, pois o médico de família suspeitava o pior. Felizmente não foi o caso, mas os meus pais fizeram questão de garantir que não passava de uma suspeição. O meu caso foi revelado com um auto teste, resultado das aulas de saúde frequentadas no 9º ano!


(Imagem retirada da Internet)

A questão é que depois dessa, fiz mais uma série delas ao longo dos últimos 17 anos. E, hoje, o programa do Dr. Oz explicava que, quem se submete a este tipo de exames, bem como aos raio-x orais, pelo menos 5 vezes na sua vida, tem 4 vezes mais probabilidade de desenvolver cancro na tiróide pela exposição à radiação.

Para prevenir, sugere a utilização de um protetor da tiróide. Ora, das carradas de vezes que fiz este exame, tendo inclusive de o repetir por não ser de fácil interpretação, ou porque não consegui ficar na posição desejada, nunca me sugeriram a utilização desse colete. Não é de estranhar, já que em determinados aspetos estamos a anos luz dos americanos. Eu fico a pensar, quem é que está mal?, somos nós?, são eles?.

(Imagem retirada da Internet)

Já diz o ditado: "Mais vale prevenir que remediar!"

2 comentários:

  1. Esse problema deixei de ter desde que hà uns anos, retirei toda a tiroide (tiroidectomia total) devido a vário nodulos e pricipio de carcinoma. Hoje vivo com medicação (para toda a vida), alterações de peso (sempre para mais do que para menos hehehe) e ter sempre de ser vigiada com analises de 6 em 6 meses. Obrigada no entanto por esta util partilha,

    beijinhos!!

    ResponderEliminar
  2. Olá Mariana, espero que apesar de tudo, te encontres bem. Já que usamos as novas tecnologias para nos comunicarmos, também é bom usar para partilhar este tipo de informação. Obrigada e um beijinho!

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua participação!