sexta-feira, 22 de junho de 2012

Redefinição da rotina doméstica

Lembram-se de eu ter comentado que a situação profissional estava um bocado instável? Temia perder o emprego. Se bem que estava decidida a arregaçar as mangas e a não ficar parada. Felizmente a entidade patronal optou por manter o meu posto de trabalho, mas (claro que existe um "mas") com redução de vencimento e de horário. Até quando? Não sabemos. Mas queremos acreditar que será por pouco tempo. 

Estamos apreensivos com esta redução, que é significativa e num orçamento já reduzido, fará toda a diferença. Mas (mais um "mas") já tenho um plano. A rotina diária terá de ser redefinida. Todos os gastos serão estudados ao pormenor. Obrigatoriamente as tarefas domésticas que impliquem a utilização de equipamentos elétricos respeitarão o período horário com custo reduzido, isto sem que se verifique qualquer excepção. 

Também as refeições terão de sofrer novo planeamento. É agora que vou investigar e explorar a questão do congelamento das refeições. Felizmente, tempo não me faltará para me tornar uma perfeita dona de casa. 

Para já, o projeto que tinha para Julho fica em stand by, pois o objetivo de Junho é actualizar todas as despesas. Quero aproveitar o primeiro mês para (usando a palavra muito em voga aqui no mundo blogueiro) destralhar os armários e a despensa. Quero virar a cozinha do avesso. Tirar tudo dos armários e limpar todas as prateleiras. Lavar os azulejos. Dar uma cara mais limpa e organizada à cozinha.

Estou motivada e até já decidi que depois, vou reportando todas as melhorias. Espero pelas vossas sugestões que, com certeza, serão de enorme apoio.

A continuar depois do verão com esta crise, já tenho um pequenino projeto! Adoro crianças e adoro ensinar (tenho quilos de paciência para partilhar!), por isso, estou a pensar dar explicações. 

Mas, vamos com calma. Para já, destralhar é a palavra de ordem.

Já tenho uma agenda, oferecida pelo marido, onde comecei a tomar nota de todas as despesas que temos feito. Anexo ainda um mapa excel extraído do banco, para acompanhar o saldo em tempo real, e ter consciência do que tenho e do que gastei. Na agenda tenho tomado nota das tarefas a realizar nesse dia, ou semana, e vou riscando as já realizadas. É também na agenda que escrevo coisas que preciso comprar para me simplificar a vida, assim como objetivos a concretizar, e que partilharei conforme os for alcançando.

Wish me luck!

18 comentários:

  1. Olá querida!

    Em Dezembro do ano passado, aconteceu o mesmo ao meu companheiro no trabalho, reduziram-lhe a carga horária e claro o ordenado também.

    Só espero que o desfecho não seja igual ao do meu companheiro, pois ele foi despedido em Abril.

    Mas não irá acontecer de certeza ctg, pk no caso dele a empresa já estava cheia de dividas.

    Além disso estás cheia de força e garra para conseguires tudo o que desejas.

    Do fundo do coração te digo nunca desistas e pensa sempre assim, positivo, pois só assim conseguirás vencer.

    Um beijo grande

    ResponderEliminar
  2. Em setembro vou ficar na mesma situação que tu... No meu caso vai ser mesmo desemprego e tal como tu já tenho planos para organizar a minha casa e tornar-me uma dona de casa eficiente e mais economica possivel. Além da casa vou dedicar-me às minha saude com plano de caminhadas diarias. Vão ser férias forçadas mas para não enlouquecer às custas das buscas de emprego vou dedicar-me à casa... Boa Sorte para os proximos tempos... Vai contando a evolução.

    ResponderEliminar
  3. Agradeço as tuas palavras de força e carinho! Não duvido nem por um segundo que vou conseguir! :) Afinal, não nos podemos dar ao luxo de ser piegas!!! LOL

    ResponderEliminar
  4. Obrigada Vera! Sugiro que além do desporto, procures cursos de formação financiados. Eu, já andei a espreitar o site do ISQ (Instituto Soldadura e Qualidade) onde já frequentei dois cursos. Além de ajudar a compor o currículo, aumentas os conhecimentos nas áreas de interesse, e ainda aproveitas para conhecer outras pessoas e partilhar experiências profissionais. Felizmente, temos muitas opções low cost, não temos desculpa para não continuar activas! :)

    ResponderEliminar
  5. Olá Ana Rita olha em feveriro passado também me alteraram o horario e algumas mudanças bla bla bla mas contudo tive que voltar a fazer as funções anteriores com o novo horario que não é mau tenho mais tempo, isto tudo para te dizer temos que nos organizar melhor vê o lado positivo da crise destralhar, mais tempo para o blogue, essa ideia das explicações é muito boa para ti e para as crianças acho que o segredo é estarmos ocupadas. beijinhos muito grandes vais ver que vais dar a volta por cima :)

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Cristiana! Sei que sim, e apesar de ficar triste quando penso no ordenado, penso logo no tempo livre que me permitirá fazer montes de coisas para ficar mais animada!
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  7. Com os dias que passão hão-de ser cada vez menos as pessoas que não são afetadas pelas medidas de austeridade.
    Em minha casa perdeu-se parte do vencimento do marido, perderam-se 2 subsidios de natal e um de férias, isto um ano depois de ter nascido o nosso 4.º filho.
    Felizmente não nos falta nada, o meu marido nunca baixou os braços e lançou-se em novos projetos, trabalhando de manhã à noite. Eu fui cortando em tudo, há 3 meses comecei a fazer as compras no eleclerc de 2 em 2 semanas e gastar o quase o mesmo que gastava por semana no modelo. No eleclerc há muita variedade e os produtos da marca deles são de qualidade, nalguns casos coseguem tem preços melhores que o lidl. Aproveito as promoções do detergente da roupa, do leite etc, ams só compro o que costumo gastar, não compro nada só porque está barato.
    Da última vez já deu para aguentar 3 semanas e o objetivo agora é fazer as compras ao mês.
    Durante a semana as compras ficam-se pelos frescos e por putros produtos do lidl dos quais gosto muito, e confesso que já se nota a diferença no saldo do banco.
    Boa sorte para ti, mesmo perdendo parte do vencimento é melhro que ficar no desemprego.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Força Ana!
    Costuma-se dizer que quando se fecha uma porta abre-se logo uma janela!
    Por isso, nada de cabeça baixa ouviu?!!!

    Levanta a cabeça e segue em frente.
    Vais ver que apesar de parecer mau, vais ter oportunidades que não tavas à espera e tudo correrá pelo melhor!

    Força e coragem!
    E vai dando novidades!

    bjinhos

    ResponderEliminar
  9. Obrigada, coisas minhas! :) Costumo fazer as compras as mês, aproveitando tudo o que sejam cupões interessantes e dinheiro que tenha acumulado em cartão. Felizmente, o continente está com muitas promoções interessantes! Por aqui, também só compramos o que precisamos, nada de comprar algo só porque está mais barato. Os legumes compro numa mercearia muito simpática e com preços apelativos, se bem que nestas duas últimas semanas fiz os reforços no continente. O Eleclerc é um pouco mais longe de casa, mas agora que tenho resmas de tempo livre, hei-de dar um saltinho e depois comento a minha visita! ;) Nem me falem em cortes de subsídios, por aqui, nem eu nem o maridinho temos direito, mas tb não concordamos com o corte, sabemos que dá muito jeito.

    ResponderEliminar
  10. Obrigada Galega! É esse o espírito! Se por um lado desanimo, por outro arrebito! LOL
    Espero que, com o tempo e os desafios a que me propus, possa contribuir para vos ajudar no vosso dia a dia!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  11. Que bom que é ler testemunhos de pessoas a "arregaçar as mangas" e a ter uma visão positiva de situações negativas...
    Força!
    Vá partilhando!
    beijocas

    ResponderEliminar
  12. Claro que sim! Partilharei para que possam dar as vossas sugestões de melhoria! podemos fazer deste, um mundo bem melhor! :)

    ResponderEliminar
  13. Ana, não te conheço muito bem mas tenho a certeza que vais transformar isso em algo positivo. Quem sabe ainda vais deixar o teu trabalho antigo para te dedicares às explicações ;)

    Um abraço e boa sorte

    ResponderEliminar
  14. Não se deixe ir abaixo!!!! Levante a cabeça e siga em frente!!!!
    Muito boa sorte e fico a aguardar a sua decisão em relação à Bimby, um beijinho.

    ResponderEliminar
  15. Querida Ana Rita ... Este teu post passou-me mesmo ao lado, só vi agora!
    Com calma tudo se resolve é preciso é não baixar os braços!( Mesmo que ainda estejam cansados da Madonna! eheheheh)
    Explicações é sempre uma boa solução, mas acho que a primeira coisa é mesmo o que fizeste: Agenda!!! Anotar TUDO!!! Simplifica e poupamos não só a cabeça como a carteira!!!
    Pensamento positivo e cabeça pra cima é meio caminho andado!
    Mesmo virtualmente, estamos todas aqui a dar força !!! ( também conta, e muito!!!!)

    Beijinhos grandes e vai dando noticias ;)

    ResponderEliminar
  16. Cris, obrigada pelo apoio! Sim, a agenda tem dado imenso jeito. Cada vez mais o nosso lema tem de ser o de aproveitar e transformar tudo. Outra coisa que tenho esforçado por educar são as idas às compras que tenho evitado, pois acho que quando menos formos, menor é a probabilidade de trazer o que é prescindível. :)

    ResponderEliminar
  17. Bem, lamento a situação mas pelo menos continuas a ter emprego. Um corte no rendimento implica uma gestão ainda mais minuciosa do orçamento. em relação ao tempo livre aproveita-o da melhor forma: descansa e faz o que te fizer feliz.
    beijinhos e boa sorte

    ResponderEliminar
  18. Gosto de ver esse espiríto! E vais ver, que no final, vai tudo correr bem!
    Também não sei qual será o meu futuro: em novembro será altura de passar a efectiva e na empresa onde trabalho, se bem que em áreas diferentes, não estão a fazê-lo, optando por abrir a porta da rua.
    Mas não estou a sofrer por antecipação e já ando há procura de outras coisas, dado que o meu nível de satisfação não é muito elevado!
    Beijinhos e que tudo corra bem para ti!

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua participação!