sexta-feira, 26 de outubro de 2012

DIY #3

E com este projecto fiquei a saber de quem herdei o jeitinho para a costura! Da minha avó paterna. Disse a minha mãe que ela era muito habilidosa e fazia trabalhos de costura como uma profissional e, tal como a neta, sem máquina. Havia comentado com a minha mãe que pretendia ir à costureira para terminar o projecto, mas não fui, passei a tarde de ontem na costura e este foi o resultado:

 
O candeeiro passou de verde a branco. 



Aproveitei o resto do tecido do cortinado da cozinha, pois o objectivo é usar o candeeiro evitando acender a luz de cima constantemente. Optaremos por uma lâmpada mais fraquinha, só para dar uma luz ambiente.
 

Usei elásticos para o topo e para o fundo, costurando uma tira de flores.


Adorei o resultado! E sabem que mais? O candeeiro foi-nos dado, pois tinha como destino o caixote do lixo. Com esta reciclagem ajudámos um bocadinho este nosso mundo!


Espero que vos inspire!



10 comentários:

  1. Ficou muito giro. E olha...isso é uma óptima notícia pois a Carreira de Costureira está em alta . Há vagas com fartura . Aqui em Cascais há uma ENORME falta de costureiras.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  2. Bem girinho:)
    Ainda bem que se herdam certas coisinhas!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Muito bem, gostei imenso.
    Tens criatividade :)

    ResponderEliminar
  4. Ficou lindo ,estou a ver que tens imenso jeito.
    Continua...
    Bom fim de semana
    bjs

    ResponderEliminar
  5. Oh, que ideia amorosa! O candeeiro ficou um mimo, muito bonito sim. E sempre se reciclou um bocadinho, que é coisa que se devia fazer cada vez mais :) Beijinho.

    ResponderEliminar
  6. Ana Rita, acredita que tenho pensado em ti e hoje, cá estás, apareceste, para minha alegria. Acredito nessa história tonta da telepatia. Acredito mesmo.
    Gostei imenso do abat-jour que costuraste. Já tinha visto, numa loja em França, essa solução do elástico e arrependi-me de não ter comprado um exemplar. Agora tu, que leste o meu pensamento, apareces com um.
    Havia um segundo motivo para ter pensado em ti. O teu blog Trabalhar em casa. Preciso urgentemente de me organizar nesse sentido. E vou procurar inspiração e informação nos teus posts.
    Beijinhos, querida.
    Ah! não compro o trambolho da máquina.

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua participação!