sexta-feira, 22 de junho de 2012

Redefinição da rotina doméstica

Lembram-se de eu ter comentado que a situação profissional estava um bocado instável? Temia perder o emprego. Se bem que estava decidida a arregaçar as mangas e a não ficar parada. Felizmente a entidade patronal optou por manter o meu posto de trabalho, mas (claro que existe um "mas") com redução de vencimento e de horário. Até quando? Não sabemos. Mas queremos acreditar que será por pouco tempo. 

Estamos apreensivos com esta redução, que é significativa e num orçamento já reduzido, fará toda a diferença. Mas (mais um "mas") já tenho um plano. A rotina diária terá de ser redefinida. Todos os gastos serão estudados ao pormenor. Obrigatoriamente as tarefas domésticas que impliquem a utilização de equipamentos elétricos respeitarão o período horário com custo reduzido, isto sem que se verifique qualquer excepção. 

Também as refeições terão de sofrer novo planeamento. É agora que vou investigar e explorar a questão do congelamento das refeições. Felizmente, tempo não me faltará para me tornar uma perfeita dona de casa. 

Para já, o projeto que tinha para Julho fica em stand by, pois o objetivo de Junho é actualizar todas as despesas. Quero aproveitar o primeiro mês para (usando a palavra muito em voga aqui no mundo blogueiro) destralhar os armários e a despensa. Quero virar a cozinha do avesso. Tirar tudo dos armários e limpar todas as prateleiras. Lavar os azulejos. Dar uma cara mais limpa e organizada à cozinha.

Estou motivada e até já decidi que depois, vou reportando todas as melhorias. Espero pelas vossas sugestões que, com certeza, serão de enorme apoio.

A continuar depois do verão com esta crise, já tenho um pequenino projeto! Adoro crianças e adoro ensinar (tenho quilos de paciência para partilhar!), por isso, estou a pensar dar explicações. 

Mas, vamos com calma. Para já, destralhar é a palavra de ordem.

Já tenho uma agenda, oferecida pelo marido, onde comecei a tomar nota de todas as despesas que temos feito. Anexo ainda um mapa excel extraído do banco, para acompanhar o saldo em tempo real, e ter consciência do que tenho e do que gastei. Na agenda tenho tomado nota das tarefas a realizar nesse dia, ou semana, e vou riscando as já realizadas. É também na agenda que escrevo coisas que preciso comprar para me simplificar a vida, assim como objetivos a concretizar, e que partilharei conforme os for alcançando.

Wish me luck!

terça-feira, 19 de junho de 2012

Pudim de leite condensado


Mais um nível de espanhol terminado. E, mais um com nota muito positiva, 9 em 10! Em Setembro à mais. Claro que já estou a pensar no que vou fazer durante o mês de Julho e Agosto. Para Julho já tenho um projeto idealizado. Para Agosto, exige-se um período de férias! A faculdade continua para depois. Não sei se faço bem ou se faço mal. Nem sei se entretanto mudarei de ideias. Talvez opte por mudar de faculdade e de curso. Logo se vê.

No fim de semana, descansei muito, e estava mesmo a precisar. As duas últimas semanas do curso foram muito stressantes. Foi o trabalho de expressão oral que tive de apresentar. Na semana seguinte o exame. E para colmatar, o tempo era escasso.

Como o fim de semana foi de descanso, claro que o pão, os iogurtes e a sopinha ficaram por preparar. Ontem fiz dois pães e aproveitei que ia usar o forno para preparar um pudim.

Ingredientes para 6: - 1 lt de leite condensado; - raspa de 1 limão; - 4 ovos; - 0,5 lt leite; - para o caramelo: - 5 colheres de sopa de açúcar; - 1 colher de sopa de água.

Modo de preparação: Comece por preparar o caramelo, levando a lume médio a mistura do açúcar e da água até escurecer. Numa tigela misture o leite condensado com a raspa de limão e com os ovos, adicionando um a um. Acrescente o leite. Deite o caramelo numa forma, e acrescente o preparado anterior. Leve ao forno pré aquecido a 180ºC por 1h10m em banho maria.

Espero que gostem! Eu, vou comer uma fatia!



sexta-feira, 15 de junho de 2012

Entremeada com esparguete

Esta semana não preparei nada de especial. Não me apeteceu. Passei a semana sem humor. Acho que é do tempo. Ora chove ora faz sol.

No outro dia, sem grande inspiração, preparei esta receita.



Ingredientes para 3: - 3 entremeadas; - 1/2 cebola; - molho de tomate; - água fervida; - sal e azeite q.b.; - algumas rodelas de chouriço; - esparguete para 3.

Modo de preparação: Comece por cortar as entremeadas às tiras e tempere com sal, sumo de limão, colorau e alho picado. Aqueça um fio de azeite numa panela e acrescente a cebola, deixando-a amaciar. Junte a carne e deixe alourar. Acrescente o tomate e deixe cozinhar por aproximadamente 10 min. Ferva água e acrescente o esparguete. Tempere com sal e vá mexendo de 5 em 5 minutos, dispensando assim o azeite para evitar que a massa cole. Deixe-a cozer por 10 a 15 minutos. Escorra a massa, passe-a por água fria (para que não absorva a gordura da carne) e junte ao preparado da carne. Polvilhe com salsa picada. Acompanhe com salada.
Cozinhámos o esparguete no preparado da carne, mas concluímos que ficava um pouco gorduroso.



Espero que gostem!

terça-feira, 5 de junho de 2012

A minha primeira quiche!


Depois de ver a sugestão da Ana do Blogue Gestão Caseira, não resisti a preparar a minha primeira quiche! E até o maridinho, que costumava torcer o nariz, achou boa ideia. 

Ingredientes para a base (In Manual Prático de Cozinha Vegetariana): - 200 gr de farinha (usei só integral, mas sugiro que misturem com farinha branca); - 1/2 colher de chá de sal; - 90 g de manteiga; - 4 colheres de sopa de água gelada (usei à temperatura normal e fui adicionando, por isso, acho que não cheguei a usar as 4 clhs).

Ingredientes para o recheio: - 1/2 cebola; - 1/2 frango limpo de pele e desfiado; - 2 colheres de sopa de sementes de papoila; - 1 iogurte natural; - 3 ovos; - noz moscada, sal e pimenta q.b.

Modo de preparação: Para preparar a massa, misture as farinhas e o sal numa tigela. Envolva a manteiga na farinha com a ponta dos dedos e acrescente a água fria em quantidade suficiente para obter uma massa firme. Amasse ligeiramente, embrulhe em película aderente e leve ao frigorífico cerca de 20 minutos. 
Estenda a massa e forre uma forma de tarte de fundo amovível. Pique a massa do fundo da forma algumas vezes. Tape com papel vegetal e deite leguminosas secas por cima. Leve ao forno por 15 min a 200ºC. Retire as leguminosas e a folha de papel vegetal e deixe no forno por mais 5 minutos.

Para preparar o recheio, comece por aquecer um pouco de azeite, refogue a cebola e acrescente o frango desfiado e as sementes de papoila e reserve. Envolva o iogurte nos ovos mexidos e tempere com pitada de noz moscada, sal e pimenta.
Deite na forma o preparado do frango e junte a mistura do iogurte e ovo. Leve ao forno por 35-40 min ou até o recheio ficar pronto.


Acompanhámos com salada de alface, onde a cebola e algumas azeitonas eram também protagonistas!

Para entrada, e aproveitando o tempo de cozedura da quiche, preparámos uns camarões fritos com alho em pó e muita salsa.

Sugestão: Para a quiche ficar mais alta, duplique a quantidade de iogurte e de ovos. A nossa ficou baixinha, mas deliciosa!


Não percam o sorteio dos 200 seguidores, aqui!

Espero que gostem!