quarta-feira, 31 de julho de 2013

Palmiers recheados

Herdei uma coleção de livros de culinária! Estavam num saco junto do caixote do lixo aqui da rua. Obrigada a quem decidiu doá-la. Ao todo são 17 livros de "Boa Mesa" editados pela revista Caras. E, foi de um deles, mais precisamente do de sobremesas, que tirei esta sugestão. Muito simples, muito fresquinha e muito saborosa!


Ingredientes: 
- 1 embalagens de palmiers de compra;
- 1 embalagem de queijo philadelphia;
- doce de laranja;
- 1 embalagem de morangos.

Modo de preparação:
1 - Numa tigela misture o queijo com o doce. Comece por duas colheres de sopa do queijo para uma de doce. Prove e continue a misturar até estar ao seu gosto. 
2 - Disponha os palmiers sobre a bancada da cozinha previamente limpa (ou sobre um tapete de silicone), com uma colher de sobremesa disponha um pouco do creme sobre todos eles.
3 - Lave e corte os morangos em fatias largas. Disponha sobre metade dos palmiers.
4 - As metades que ficaram sem morangos, coloque sobre os palmiers que têm morangos. 
Leve ao frigorífico e, no momento de servir, delicie-se!

Espero que tenham gostado!

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Entrecosto com feijão azuki

Comecei super entusiasmada, mas depois da primeira consulta com a nutricionista, na quinta-feira passada, desanimei. Achei que 10 kg era um exagero de peso e que o mais provável seria demorar uma eternidade a perdê-los. Depois, pesei-me na terça e quando vi que estava com 66,8 fiquei feliz. Pensei que afinal não seria assim tão complicado. Ontem, voltei a pesar-me, pois na pesagem anterior a monitora pediu para eu não voltar a pesar-me no final do treino, pois pode não corresponder à realidade porque durante o treino o músculo incha e blablabla, e tinha os mesmos 66,8. Cheguei desmotivada a casa. O S. lá tentou confortar-me dizendo que eu não devia esperar perder peso todos os dias, e que a perda tem de ser gradual e mais uma série de coisas que toda a mulher que já fez dieta já deve ter ouvido. 

Conclusão, fiquei de tal maneira irritada que arrumei a cozinha todinha. Lavei loiça. Limpei loiça. Lavei bancadas. Fogão. Portas por fora. Despejei o lixo. Tratei da reciclagem. Varri o chão. Apanhei a roupa. Deixei a máquina a lavar mais roupa. Engomei a camisa do S. Lavei o chão. Aterrei no sofá.

É assim. Quando fico nervosa, quando algo me irrita, arrumo este mundo e o outro, e só paro quando tenho tudo tudo tudo feito.

Este foi o almoço de domingo:


Ingredientes:
- 1 tira de entrecosto para 2 pessoas (temperado na véspera com limão, colorau, alho, sal e louro);
- feijão azuki;
- feijão verde.

Modo de preparação: 
1 - Deixe o feijão azuki de molho no dia anterior. Coza-o na panela de pressão durante 30 minutos, em água, sem colocar sal e adicionando uma folha de louro.
2 - Coza o feijão verde escolhido e cortado a gosto. (Como cozi o feijão azuki na bimby, cozi o feijão verde a vapor na varoma).
3- No grelhador bem quente, coloque o entrecosto e deixe grelhar muito bem.

É só empratar! Às três tiras do entrecosto, juntei 3 colheres de sopa de feijão azuki e outras três de feijão verde.

Espero que gostem da sugestão!

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Bife de peru com legumes grelhados

Tenho-me esforçado por cumprir à risca as sugestões da nutricionista. Não cumpro a 100%, mas garanto que ando perto. 

Este foi o jantar de sábado. 
Ingredientes:
- 1 bife de peru (temperado com sumo de limão, sal e alho picado);
- 1/2 curgete (era pequena);
- 1/4 de pimento vermelho;
- azeite q.b.;
- sementes de sésamo q.b.

Modo de preparação:
1 - No grelhador pré-aquecido disponha o bife de peru e os legumes ligeiramente untados em azeite.
2 - Vire a carne e os legumes. Polvilhe a curgete com sementes de sésamo.

Nota: Para retirar a pele ao pimento, depois de bem grelhado, coloque-o dentro de um saco plástico fechado e leve ao congelador por uns minutos. Retire-o e verificará que a pele sai facilmente!
Outra nota: Usei um prato mais pequeno, para parecer que o tinha cheio. 

Meia hora depois de terminar de jantar comi meia maçã e uma hora antes de deitar, bebi 200 gr de leite magro ao qual adicionei 1 colher de sopa de nestum 5 cereais. Mesmo assim, acordei a meio da noite com umas dores de estômago  tal era a fome. Fui beber um copo de água e comi uma bolacha integral que mastiguei 200 vezes... Mesmo assim, fui para a cama com fome ... Acho que não é suposto sentir fome. Já passaram por isto? Custou-vos muito? 

terça-feira, 9 de julho de 2013

Saladas para dias quentes


É o que não tem faltado. Dias quentes e saladas. Para meu enorme espanto o S. gostou e aprovou a ideia! Tanto que já voltámos a repetir, com outros ingredientes, mas repetimos. E ficamos muito bem. 

Da primeira vez, combinei alface frisada, alface roxa, tomate chucha, tomate cherry, 1 bife de perú grelhado, 2 ovos cozidos e croutons. Temperado com sal, azeite e vinagre.

Ontem, voltei a combinar as alfaces, optei por tomate cherry, 6 gambas cozidas que reduzi a pedaços, 1 bife de perú grelhado, milho cozido, rabanetes, salsa picada, cebola e croutons. Temperámos com sal, azeite e vinagre. 


Fácil. Rápido. Saboroso. 

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Arroz de bacalhau com feijão e espinafres (e próximo DIY)

Ontem, o jantar que estava previsto era arroz de bacalhau com feijão e espinafres (livro base bimby, pg 89). 


Já tinha arroz cozido, que tinha preparado na véspera para o almoço do S. no dia seguinte. Portanto, tinha de cozer o feijão, cozer o bacalhau e os espinafres. Na maravilhosa bimby, cozi o feijão na panela, o bacalhau na varoma (embrulhado em papel vegetal) e os espinafres no cesto da varoma. 

Preparei um refogado, acrescentei o bacalhau desfiado, o pimento cortado em juliana, o arroz, o feijão, um pouco da água da cozedura do feijão, salsa e coentros, e deixei apurar uns minutos. Agora que estou a escrever, um tomate pelado e cortado finamente teria combinado muito bem.






 Espero que tenham gostado!

Próximo DIY (estou viciada nisto), vejam se conseguem adivinhar!




terça-feira, 2 de julho de 2013

Uma espécie de crepes chineses

Ir a um restaurante chinês e não comer um crepe, é o mesmo que ir ao Vaticano e não ver o Papa. Uma comparação estranha, eu sei, mas foi o que me veio à cabeça.

Sobrou frango? Não, não fiz rissóis! Fiz crepes à minha maneira! E garanto que ficaram uma delícia!

Para 14 unidades (2 ficaram de fora da foto!):
Ingredientes para a massa (optei pela dos rissóis)
- 250 gr de farinha;
- 250 gr de água;
- 30 gr de margarina;
- 1 pitada de sal;
- algumas gotas de sumo de limão;
- 1 fio de azeite.

Ingredientes para o recheio:
- couve cortada em juliana;
- cenoura picada;
- 1/2 cebola picada;
- sobras de frango picadas;
- azeite q.b.;
- 1 colher de sobremesa de molho de soja;
- 1 colher de sobremesa de molho inglês.

Modo de preparação:
1 - Comece por preparar a massa. Leve a água a ferver num tacho. Levantando fervura adicione o sal, a manteiga e o sumo de limão (ou um pouco de casca).
2 - Derretida a manteiga adicione a farinha de uma vez só. Desligue o lume e mexa até que a farinha tenha absorvido toda a água. Mexa até a massa não apresentar pequenos grânulos. 
3 - Deixe arrefecer, sobre a bancada polvilhada com farinha e adicione pequenas nozes de manteiga (sem abusos).
4 - Prepare o refogado com a cebola. Estando esta branda, acrescente os legumes e a carne. Envolva muito bem. Tempere com o molho de soja e o molho inglês. Com o lume no mínimo, deixe cozinhar os legumes.
5 - Na bancada polvilhada com farinha, trabalhe a massa. 
6 - Retirando pequenos pedaços, estenda com o rolo da massa e faça dois discos. Num coloque uma colher de sopa de recheio. Tape com o outro disco e, com um garfo, feche o crepe.


7 - Terminada a operação, frite em óleo bem quente.

Acompanhe com uma salada.

Eu bem que tinha comentado que andava com imensa vontade de bombocas!


Espero que tenham gostado!

segunda-feira, 1 de julho de 2013

DIY - Quadro de refeições!

Depois do caos da semana passada, tive direito a dois dias para organizar a casa. Mas, partilhando um pouco, na sexta, cumpri com a ida ao Jumbo. Adorei. É enorme (assim como a conta final). E sim, é mais barato que o Continente. Mas, mais barato 0,5€, 0,10€, sendo que o que vale a pena são as promoções que têm, como por exemplo a do café, pois comprei 4 caixas e só paguei três. Só nesta promoção paguei a gasolina e já tenho café para um mês inteiro (estou a contar com isso). Vim carregada com legumes biológicos para preparar sopinha. Comprei diferentes variedades de alface. Têm imensa variedade de peixe congelado. O talho está muito arrumado. No peixe e na carne não percebi grande diferença em relação ao continente. A conclusão a que cheguei foi a de que ir ao Jumbo, só mesmo naqueles casos em que tenho de proceder a uma reposição exaustiva da despensa.

Existem duas perguntas que me irritam imenso, mas mesmo imenso. Eu estou muito calma, a fazer sei eu lá o quê, a pensar que a seguir vou fazer sei eu lá o quê, e de repente, quase vindo do nada, oiço, "O que vais fazer a seguir?" Ena pá, ca nervos. Não me perguntem porquê, mas a pergunta tira-me do sério. Atenção, não sou agressiva nem nada do tipo, não se ponham para aí a pensar que começam a voar pratos e tachos! Estou muito sossegada. Cansada de um dia de pensar imenso. Só quero relaxar uns minutos. Ou então, acabei de tomar uma qualquer refeição, não interessa qual, quando oiço: "O que vais fazer para o almoço/jantar?". Fogo. E acreditem que às vezes acontece imediatamente a terminar o pequeno-almoço ou o lanche. A fobia a esta pergunta acho que herdei da minha mãe! A segunda questão que muito me enerva, foi resolvida assim:

Tela - 1€
Papel decorativo - 1,3€
Molas - 0,75€
Cola - 0,9€
(Não usei as lantejoulas)

Medi a frente da tela e os lados, para tapá-la por completo.

 Cortei as pontas (basicamente agi como se estivesse a forrar um livro).

Colei as molas com super cola (como é do chinês, foram necessários mais de 30 seg.).
Medi a tela 25X25. Medi a largura das molas. À medida da tela descontei a largura total das molas que dividi por 5 (espaço entre as molas e o início e fim da tela). Para a altura, deixei uma margem superior de 1,5 cm tentando deixar 3 cm antes do início da fila inferior e considerando que também para essa fila teria de deixar o mesmo espaço de 3 cm para colocar os papéis.

Imprimi a meu gosto, as etiquetas com os dias da semana, e com uma espécie de post-its caseiros! 

Os dias da semana mais a etiqueta de "diversos" foram forrados com fita cola dos dois lados ( a cola manchava o papel). Com a super cola, colei às molas.

Com os papéis!


O resultado final! Só falta, tirar a hora do almoço para, de acordo com o que tenho no congelador, definir o que iremos comer durante a semana! Reparem no pequeno vaso! É o próximo DYI! Vou forrar com o mesmo papel, e é aqui que guardarei os pequenos papéis para escrever as refeições!

A ideia foi "copiada" da revista Soluções, Especial Nova Gente

O original:


Espero que tenham gostado!