domingo, 24 de maio de 2015

A maternidade

Foi um sonho tornado realidade! Mas, para que percebam a minha ausência, vou comentar como foi o meu último ano de vida. Acreditem que não vos tomarei muito tempo!

Decorria o mês de maio-14 quando percebemos que estávamos grávidos. Tratava-se da primeira falta portanto ainda teríamos longos meses pela frente. A preocupação foi terminar o semestre que felizmente e apesar da sonolência extrema foi concluído com sucesso.

Sabia que a nossa casa não estava preparada para receber a bebé, pois teria de ocupar o espaço que era o escritório. Isto significou uma enorme mudança em toda a casa. Não exagero, mas vou poupar-vos aos pormenores limitando a comentar que as mudanças terminaram pouco antes de a menina nascer. Para ser mais específica, as mudanças terminaram poucas horas antes de a Leonor decidir apresentar-se aos papás.

Ao mesmo tempo que organizava a casa fui recebendo toneladas de roupa gentilmente cedidas por familiares e amigos. Foi a loucura. Existiram momentos em que me apetecia desaparecer do meio do caos que se havia instalado. Com muita paciência lá fui colocando alguma ordem e separando tudo por meses, lavando as peças mais pequenas e arrumando as maiores.

O parto foi normal e a nossa menina nasceu com 3.235 kg (sempre adorei o preciosismo das mães no momento de comentar o peso!) e 45 cm de altura.

Uma semana depois de a ter nos braços achei-me em condições de trabalhar, mas a coisa não correu nada bem. Não me conseguia concentrar no trabalho, não conseguia concentrar-me na bebé recém-nascida que precisava de mim e nem conseguia fazer face às tarefas domésticas mais básicas, principalmente porque estava sozinha tendo o apoio do pai apenas ao final do dia. Ao fim de um mês desta loucura, decidi dizer "basta". Tinha de me dedicar à minha princesa e recuperar a minha sanidade mental.

Dediquei-me a recuperar as milhentas horas de sono perdidas, a acompanhar a minha bebé a cada segundo e, aos poucos, fui introduzindo as demais tarefas domésticas.

Aproveitei a licença de maternidade para adiantar as limpezas de verão e dar conta de alguma reciclagem.

Durante a gravidez foram raros os momentos de puro lazer, assim como os momentos de descanso já que uma grávida necessita dormir mais horas. A minha rotina habitualmente de correria em nada afetou a minha bebé, que é muito calminha, mas sugiro a todas as futuras mamãs o mesmo que tanto me sugeriram mas a que não prestei atenção: durmam e descansem muito e não tenham vergonha em pedir ajuda. 

Agora que já temos a casa organizada e estabelecida a rotina da bebé, volto a trabalhar! Ou seja, o equilíbrio que acabo de conquistar sofrerá um ligeiro abanão!

Quanto à culinária, garanto que continua a ser uma paixão, no entanto, e porque tive de priorizar e simplificar, ficou para segundo plano e as refeições passaram ao básico dos básicos, sem grandes oportunidades para tirar foto e, infelizmente, os menus repetidos aos quais tenho enorme aversão voltaram em força.

Porque foi dos momentos mais saudáveis para mim, espero brevemente poder dedicar-me novamente à partilha de receitas!

Agradeço as mensagens de apoio que foram deixando, bem como as visualizações que se mantiveram quase inalteráveis!



10 comentários:

  1. Bom dia e parabéns, minha querida!
    Com calma e paciência - acredito - tudo na vida acaba por encaixar. Fico muito feliz por si e pelo sua enorme felicidade.
    Vamos agora ver-nos com maior assiduidade.
    Um grande beijinho para as duas meninas, da Nina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho e confiança! voltarei lentamente mas fica a promessa de que me esforçarei por surpreender! beijinho

      Eliminar
  2. Muitas felicidades para vocês e para a vossa bebé! O nascimento de um filho vira-nos a vida do avesso mas é o acontecimento mais maravilhoso da nossa vida! Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que ninguém duvide das mudanças que chegam com um bebé! eu não duvidei mas subestimei o efeito que tem nas nossas vidas! obrigada pelo comentário!

      Eliminar
  3. Muitos parabéns pela chegada da bebé, lia em alguns textos o quão era algo que desejavas! :)
    Que haja muita saúde e calma para enfrentar os dias...mas com um bebé, acredito que os momentos bons superam aqueles não tão positivos!

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  4. Votos de MUITISSIMAS FELICIDADES. MESMO !!!!
    Beijinhosss

    ResponderEliminar
  5. Muita saúde, sorte e felicidades Ana. Beijinho grande

    ResponderEliminar
  6. Muitos Parabéns!!! Beijinhos bimbolicos!!!!!

    ResponderEliminar
  7. Obrigada pelo carinho! Tentarei retribuir futuramente com uma presença mais assídua! :-)

    ResponderEliminar

Obrigada pela tua participação!